Philosophica: International Journal for the History of Philosophy

Volume 29, Issue 57, July 2021

Gustavo ChataignierOrcid-ID
Pages 39-51

Filosofia na História
Da Atualidade da Teoria Crítica

O presente trabalho se debruça sobre a noção de crítica em filosofia, tendo por base alguns dos modelos chave erigidos pela chamada “Escola de Frankfurt”, a saber, o texto fundador de Max Horkheimer, “Teoria tradicional e teoria crítica”, e uma perspectiva contemporânea de sua terceira geração, com a concepção de Axel Honneth sobre o reconhecimento hegeliano, bem como seu comentário acerca de tal tradição. Além das descrições das referidas concepções, aposta-se na ideia de crítica como uma historicidade aberta, engendrada por uma dialética entre continuidade e ruptura, cuja norma exige o exame imanente caso a caso. Para tanto, mobilizam-se os conceitos modais de Hegel – necessidade, possibilidade, efetividade – guiados pela contingência, ao lado de uma noção de determinação presente.